segunda-feira, 1 de março de 2010

Que refúgio o não se poder ter confiança em nós!
Álvaro de Campos

Um comentário:

ana paula disse...

Que alívio saber que posso contar comigo até quando não posso!